Podemos ajudar?
(11) 2977-4922

Dicas e Novidades

30
jan

Vacinas periódicas: veja algumas dicas veterinárias da Ladivet

Dicas veterinárias,
Vacinas periódicas: veja algumas dicas veterinárias da Ladivet

Vacinas periódicas são primordiais para a sobrevivência do seu cão, vamos dar algumas dicas veterinárias sobre quais vacinas devem ser tomadas.

Já comentamos aqui no blog sobre o cuidado com a vacinação e o que a falta dela pode causar ao seu pet. Hoje vamos falar um pouco sobre as vacinas básicas necessárias para manter seu bichinho saudável e protegido.

As vacinas são importantes em qualquer fase da vida, se para seres humanos são importantes, para os animais também. As vacinas são indispensáveis não só para proteger os cães, mas as pessoas também pois algumas doenças dos animais podem transmitidas aos seres humanos, são as chamadas zoonoses. As vacinas têm que ser tomadas a partir da 6 semanas de vida e renovadas anualmente. Veja as principais vacinas para os cães:

MÚLTIPLAS: V8 E V10: É possível escolher entre duas versões, enquanto a V8 auxilia na prevenção da cinomose, hepatite infecciosa canina, parainfluenza, parvovirose, coronavirose e leptospirose (sorovares Canicola e Icterohaemorrhagiae); a V10 protege contra todas estas doenças e mais algumas cepas de leptospirose (Grippotyphosa e Pomona).
Na primeira vacinação, devem ser administradas 3 doses com 3 semanas de intervalo entre cada uma delas, para que a proteção seja completa.

TRAQUEOBRONQUITE INFECCIOSA CANINA: Causadora de problemas respiratórios nos cães e altamente contagiosa, por isso os filhotes e os animais adultos também devem ser imunizado contra a traqueobronquite infecciosa, mais popularmente conhecida como “tosse dos canis”.
A vacinação é uma forma de proteger o cão que convive em grupos (no prédio, no day care e outros locais) e manter ele sempre saudável.

GIARDÍASE: Na giardíase, causada pelo protozoário Giardia, ocorrem diarreia, vômito e depressão, além de perda de peso. Os humanos também podem ser infectados pelo protozoário e uma segunda dose da vacina deve ser aplicada de duas a quatro semanas após a primeira dose.

RAIVA: A vacina auxiliar na prevenção da infecção pelo vírus da raiva, uma importante zoonose. Clinicamente conhecida como hidrofobia, esta doença torna os animais agressivos e incapacitados de beberem água. A única forma de prevenir é a imunização. Os animais devem ser vacinados anualmente.
Os protocolos vacinais devem ser estabelecidos pelo Médico Veterinario do seu animalzinho.

Sempre procure um veterinário, o diagnóstico precoce pode prolongar a vida do seu bichinho e evitar sofrimentos.

Fique ligado em nossas redes sociais, nas dicas e notícias sobre o mundo pets: Instagram Facebook



Assign a menu in the Right Menu options.